Assistencialismo para não precisar mais de assistência no futuro

por Faimon Coutinho 29.09.2014
em: Vamos Agir 45

Os Lula e Dilma apesar de flertar com o assistencialismo com o objetivo de mudar a vidas das pessoas, haja vista o Prouni, no geral de suas propostas para redução das desigualdades sociais, nunca voou para muito mais além do assistencialismo descomprometido com a vida do cidadão que dele depende, agindo da mesma forma que os antigos coronéis, tanto que nas redes sociais importantes programas de transferência de renda foram apelidados até de “bolsa esmola”.

Como sair desse paradigma e dar o próximo passo para melhorar ainda mais o Brasil?

Primeiramente precisamos entender que o que foi feito até aqui foi importante, para conscientes da história possamos mudar o futuro. Em segundo lugar, mas não menos importante, precisamos olhar para o assistencialismo como ferramenta de mudança na vida das pessoas, do contrário se torna um aprisionamento em relação de dependência.

Na época do FHC o bolsa escola era pago apenas se as crianças da família estivessem estudando, já o Aécio implantou em 9 cidades de Minas Gerais um bônus em dinheiro para os estudantes carentes que obtivessem determinados índices na escola.

Esses são exemplos de como o PSDB tem buscado melhorar a vida das pessoas e não apenas criar um secto eleitoral.

Eu acredito que o time do Aécio vai conseguir dar esse passo a mais nos programas assistenciais, pois não podemos ficar apenas com esse primeiro passo que foi dado, os programas assistenciais precisam “sonhar” que um dia podem deixar de serem necessários e com os seus critérios e políticas de suporte alavancar a vida daqueles que precisaram da ajuda da sociedade.

10425129_709646719114540_8321901937162899897_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s