Bradesco Seguros – melhor não ter

Existem muitas seguradoras, mas ao optar pela seguradora do banco no qual tenho conta, não imaginei que tudo poderia ser tão complicado, normalmente fazemos seguro esperando não precisar dele, e nem sempre somos criteriosos o bastante. Depois dessa história que vou contar garanto que mudei minha forma de escolher seguro.

O Sinistro

IMG_20150810_113426_704[1]No sábado dia 08/ago/2015 eu dirigia meu carro para casa depois de uma compra no supermercado da cidade vizinha, mas algo saiu diferente do que nos outros dias, ao corrigir a trajetória do carro dentro da curva em uma estrada de paralelepípedo, que costumava estar em bom estado, passei com o carro por uma falha nova no pavimento que por acaso estava cheio de areia e brita.

Como resultado o carro próximo da velocidade limite da pista, perdeu aderência e sairia pela tangente da curva, diretamente ao encontro de um poste, mas eu tenho alguma experiência em direção em areia e consegui mudar sua trajetória, completando a curva com o carro de lado para então de maneira precária tentar retomar o controle enquanto sua traseira “chicoteou” forte.

IMG_20150808_132845_150[1]Por fim com os pneus (que eram todos novos e de excelente qualidade) da direita na grama e os da esquerda no pavimento ainda tentando retomar o controle do carro, consegui reduzir a velocidade e teria parado o carro poucos metros a frente, se não fosse um novo poste no caminho, mas, no último momento consegui tirar o carro dessa trajetória.

O carro adentrou a pista, mas um barranco na grama levantou o lado direito do veículo que freiava nesse momento e com duas rodas cruzou a pista e colidiu de frente contra a lateral de um celta estacionado.  Tudo levou 3 segundos eu acho. Depois da colisão lentamente tombou até ficar de ponta cabeça.

2 – Seguro

# 1º Dia

IMG_20150825_161602_164[1]Após verificar que estávamos inteiros, que o air-bag nem acionou, saímos do carro, verifiquei que o chassi não havia sido prejudicado, mas o parabrisa e o parachoque foram destruídos, e que a coluna central do celta fora severamente danificada. Naturalmente como uma pessoa de bem e um segurado da Bradesco Seguros, informei o proprietário que eu tinha seguro, assumia a culpa e iria resolver tudo. Isso aconteceu as 13:25h.

Após prestar as mesas informações um zilhão de vezes consegui registrar o sinistro nos dois veículos, atendi a guarda municipal e a polícia militar que chamamos e aguardamos no local, e depois disso esperamos o guincho. O sol já estava indo embora quando os dois carros foram levados para o pátio da transportadora, pois as oficinas estariam fechadas.

# 2º Dia

No domingo nada acontece

# 3º Dia

Na segunda-feira 10/ago/2015 pela manhã, os veículos foram levados para a MM funilaria, uma oficina referenciada da Bradesco, onde a vistoria levaria até 48h para ocorrer.

# 4º Dia

Aguardando vistoria

# 5º Dia

Ao vencer o prazo, como o Bradesco não entrou em contato, liguei e descobri que as vistorias foram feitas e foi indicado indenização total pelo valor da tabela FIPE nos veículos. Também informaram que estava sendo aberto prazo de 5 dias úteis para análise interna do sinistro pela companhia de seguros e depois desse prazo seria acionado um despachante que teria 48h para entrar em contato comigo. Ou seja 7 dias úteis.

# 6º, 7º, 8º(sab), 9º(dom), 10º, 11º, 12º, 13º

Nenhum contato ou informação prestada pela companhia

# 14º Dia

Era dia 21/ago/2015 e havia acabado o prazo do despachante entrar em contato. Eu liguei e questionei a demora, nenhum atendente tinha o status do andamento do procedimento interno, a última informação era da vistoria dia 11 e 12 de agosto. Registrei protocolo pedindo o acionamento do despachante.

# 15º Dia

Era sábado 22/ago/2015 e ainda não havia status do procedimento no sistema, registrei novo protocolo pedindo acionamento do despachante. Nesse dia um investigador terceirizado contratado da Bradesco Seguros entrou em contato comigo e marcou de me encontrar na segunda-feira no meu local de trabalho para pegar cópia de alguns documentos e uma declaração minha sobre o sinistro.

# 16º Dia

Domingo nada acontece

# 17º Dia

Segunda-feira dia 24/ago/2015, mando SMS para o investigador confirmando o encontro e ele não aparece. Também ligo na central de relacionamento da seguradora e ainda não há qualquer nova informação e abro novo protocolo solicitando acionamento urgente do despachante.

# 18º Dia

Terça-feira dia 25/ago/2015, o investigador não faz contato, eu vou atras da informação, entro em contato com o Corretor que me vendeu o seguro, contacto esse investigador e ele não responde. Ligo na central de relacionamento e ainda não há status, registro novo protocolo de urgência, solicito carro reserva em função da Bradesco estar em mora no acionamento do despachante e é negado por não estar contratado, explico que não estou querendo fazer uso de direito contratado, estou dando oportunidade da seguradora mitigar o dano que está causando, mais ainda assim é negado. Ligo também para o SAC e registro uma reclamação de demora.

# 19º Dia

Quarta-feira dia 26/ago/2015, recebo uma ligação da Bradesco Seguros informando que em resposta a um desses protocolos que eu abri, eles informam que HOJE dia 26 estão iniciando o procedimento de análise do sinistro, 7 dias depois de findo o prazo prometido.

# 20º Dia

Quinta-feira dia 27/ago/2015, registro reclamação na SUSEP e novo registro de reclamação no SAC do Bradesco Seguros, dessa vez solicitando que além de urgência (que eles parecem ignorar) também mitiguem os danos causados pela demora.

3 – Terceiros envolvidos

IMG_20150808_133419_178[1]O rapaz do celta atingido, tinha acabado de se mudar para sua casinha, nova em folha, no dia do acidente quando nos conhecemos de forma infeliz, ele foi o primeiro a chegar no carro para ajudar a socorrer a mim e minha esposa. Eu cometi um erro grave e infantil ao informá-lo dos prazos que o Bradesco me deu no dia 12/ago (7 dias úteis) em relação ao contato do despachante. Todavia decorridos mais de duas semanas depois da vistoria concluída, eu fico parecendo um mentiroso e quem sabe até um caloteiro que tenha ficado com a indenização dele, causando um clima muito ruim. Obrigado Bradesco por mais esse presente.

# Atualização 11/set/2015: “No dia 3 de setembro a seguradora por meio da EVORA Assessoria contactou o terceiro (Celta prata) e lhe ofereceu “proposta” em valor abaixo da FIPE, depois de ter se passado um mês do sinistro sem atender com informações precisas e desrespeitando os prazos voluntariamente informados pela própria seguradora. É o cumulo da falta de respeito e consideração no atendimento.”

IMG_20150808_132857_380[1]Os dois carros após colidirem destruíram a cerca da chácara que fica defronte para a casa do Celta. Como ali criam-se bois que poderiam fugir e causar danos a outros ou até mesmo se perder ou morrer, a cerca não podia ficar aberta, e foi consertada rapidamente, eu paguei de pronto pelo conserto e agora não consigo me reembolsar com o Bradesco que exige 3 orçamentos, mas o serviço foi feito por morador da região, a preços abaixo do mercado, mas sem empresa constituída ou formalidades.

4 – Vida Pessoal

401207_119286044899214_530290181_nEu moro em uma cidade (Campina Grande do Sul) que fica a duas cidades de distância (Quatro Barras e Colombo) da capital onde eu trabalho (Curitiba) e como encerro minhas atividades muito tarde, não existe ônibus que me leve para minha casa com tempo hábil de jantar, tomar banho, cochilar, tomar café da manhã e sair a tempo de chegar em meus compromissos diários.

Minha escolha foi não voltar para a casa desde o dia do acidente, pois as contas precisam ser pagas e eu preciso trabalhar, então estou à pé, me locomovendo de ônibus dentro de Curitiba, com saudade de casa e de minha esposa, tendo todo tipo de inconveniente como com roupas por exemplo. Mas o Bradesco estoura o tempo de análise e não tem a pecha de conseguir um carro reserva, ao menos nos dias de semana, enquanto estão em mora de cumprir o prometido.

# Atualização 11/set/2015: “O tempo de análise se encerrou no dia 1º de setembro (13 dias depois do prometido pela própria seguradora). O Despachante entrou em contato no dia 3/set e eu fui até a agência de Pinhais(PR) conferir toda a documentação com o corretor de seguros auto, enviando tudo por SEDEX no dia 4/set.”

5 – Pra fechar com chave de ouro

# Atualização 11/set/2015: “Os documentos que o despachante pediu informavam que 5 dias úteis após o recebimento da documentação devidamente preenchida seria o prazo máximo para pagamento da indenização. Eles receberam no dia 8/set o material que fora devidamente conferido com o corretor da Bradesco na agência do Bradesco. Mas no dia 10/set enviaram e-mail informando que precisaria substituir dois documentos por ter cometido “erro”. No dia 10 ou 11 de setembro se encerrava o prazo de 30 dias úteis para indenização nos termos da apólice. Ou seja, além do Bradesco estar em mora com os prazos informados via central de relacionamento e corretor, agora estão também em mora contratual. E eu sem conseguir voltar para casa durante a semana.

BRADESCO - Linha do tempo

Em atendimento ao e-mail, enviei a documentação solicitada no mesmo dia e também enviei por e-mail com aviso automático de recebimento e leitura uma notificação para que justifiquem juridicamente os motivos da recusa do primeiro documento, o que se não ocorrer, interpretarei que foi injustificada e por tanto não tolerarei dilatação do prazo de 5 dias do recebimento do primeiro documento.

Infelizmente está claro que para poder me indenizar de verdade terei de recorrer ao judiciário. Mas dificilmente as noites de insônia, os 5kg perdidos de nervosismo nesse período, o desgaste da saúde, a redução do desempenho nas atividades diuturnas, serão indenizados, é um ônus que eu sofro em razão de um sistema completamente incompetente, que desrespeita o consumidor a cada passo do fluxo de processo.”

6 – Observações gerais

Vou atualizando as informações aqui no corpo do texto conforme novas coisas aconteçam. Mas em geral, Bradesco Seguros, Melhor NÃO ter. Haviam tantas outras cotações com preços parecidos à época que fechei o contrato, se arrependimento matasse meus amigos, vocês estariam se despedindo de mim agora.

Curitiba 27 de agosto de 2015

Faimon Coutinho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s