Falta visão na UNE que diz “os ricos que paguem pela crise”

A UNE não tem mais direcionado todos seus esforços em manifestações a favor da educação, isso é hoje 25% da pauta do que você encontra por exemplo na página oficial e no facebook da organização que tem cada vez mais se convertido em um grupo esforçado em se apresentar como um braço do PT.

CAPA_CARAVANA_SITE 2

Crítica à proposta do movimento

A única frase que posso concordar com Carina Vitral a Presidente da UNE é que não podemos aceitar cortes na educação, o ajuste fiscal, a exemplo do que Aécio Neves realizou em MG em 2003 deve cortar muita coisa, menos educação. Pode-se e até deve-se apertar o cerco nas instituições educacionais para que o dinheiro seja investido com probidade e sem desperdício, focando em metas claras para não reduzir a qualidade do ensino.

Sob a falsa aura da falha de proporcionalidade pedem mais impostos para os ricos, mas proporcional não seria justamente impor uma alíquota única que iria tirar a mesma proporcionalidade de todos?

Ok, mas isso não é justo, pois quem ganha pouco, compromete quase tudo no consumo de manutenção da família. Entendo isso, é muito importante levar isso em consideração, mas justamente para isso temos uma tabela progressiva de alíquota de imposto de renda, uma forma de oferecer descontos para quem ganha menos.

1Tabela progressiva do IRPF: a alíquota é 27,5% mas quem ganha menos pode pagar 22,5% ou 15% ou 7,5% ou até nada. Se você paga menos de 27,5% como eu, significa que sim, o governo está te dando desconto, existem pessoas que não não tem essa sua “sorte” e pagam quase 1/3 do que ganham para o governo apenas nesse imposto (existem muitos outros).
[clique para ver a tabela]

2 – Efeito perverso do aumento da carga tributária: quando se aumenta imposto de pobre o consumo cai, prejudica a economia, e gera situação de necessidade em várias famílias, mas, quando se aumenta dos ricos, tudo é repassado nos preços gerando inflação e reduzindo a capacidade de consumo dos pobres de mesmo jeito.

3 – Carga tributária é exploratória: já temos muita tributação, essa é uma das causas da falha da nossa economia nesse momento delicado, precisamos diminuir a carga, estamos praticamente no mesmo patamar da Idade Média com “talha”, “corvéia”, “banalidades” e tudo mais. Como expliquei no ponto dois, o aumento sempre no final das contas é pago pela classe média e pobres, além de enfraquecer a economia.

4 – Lógica do assaltante drogado: imagine um caso hipotético de uma pessoa que se vicia em drogas, acaba com os recursos da família e aí sai nas ruas para assaltar o “ricos” (qualquer um que parece ter alguma coisa), para que com o que colher dos outros possa continuar dando fim no dinheiro entregando-os a bandidos traficantes. Não é parecido com a lógica do PT apoiado pela UNE?

O povo botou o PT/PMDB no poder, sabendo que esse governo gasta mal e gasta muito, além de não conseguir manobrar a economia para aquecê-la, isso foi avisado pela campanha do PSDB, agora infelizmente o povo de um jeito ou de outro vai pagar a conta.

Faimon Coutinho
Curitiba, 26 de setembro de 2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s