Manifestações de 2015 pelo Impeachment de Dilma

A população em seus movimentos não partidários desde 2013 está saindo às ruas para protestar contra desmandos do poder público, mas em 2015 um foco bastante claro foi traçado: Impeachment de Dilma.

Os movimentos estão mais organizados, coletam doações, vendem abadás, camisetas e outros itens na internet com antecedência para financiar os carros de som e propagandas e com isso conseguem até mesmo ter uma expectativa de quantas pessoas esperar nas ruas, comunicando a Polícia que faz a segurança na perfeita paz como sempre devia ser.

Os números são impressionantes:

15 de Março – 1 Milhão de pessoas na Av. Paulista e 2,4 Milhões no Brasil

12 de Abril – 275 mil pessoas na Av. Paulista e 700 mil no Brasil

16 de Agosto – 350 mil pessoas na Av. Paulista e 880 mil no Brasil

13 de Dezembro – 35 mil pessoas na Av. Paulista e 143 mil no Brasil*

(*) todos os números são da polícia militar, que ainda não divulgou o tamanho do movimento no Rio de Janeiro onde usamos o menor valor divulgado pelos organizadores (100mil, 80mil e 60mil) que foi somado aos 83mil oficiais no restante do país.

Nem mesmo o impeachment de Collor teve tamanha adesão nas ruas, apenas a deposição de Goulart em 1964 teve tamanha adesão. Naquela ocasião a primeira manifestação em São Paulo levou de 300 a 500 mil pessoas e a maior foi no Rio de Janeiro em 2 de abril de 1964 que levou 1 Milhão de pessoas às ruas.

989804-sp__abr6275

Mas, por qual razão houve menor adesão em dezembro?

As pessoas estariam acomodadas com o já inicio do processo  de impeachment? Não tiveram tempo de se organizar? Dezembro não é um bom mês? …

Um dos organizadores Kim Kataguri afirmou que esperava ainda menos pessoas e que foi positivamente surpreendido com o apoio pois, diferentemente das manifestações anteriores organizadas com mês de antecedência, essa foi organizada as pressas em pouco mais de uma semana, em apoio ao início repentino do processo de Impeachment.

Os parcos apoiadores do mandato de Dilma propagaram na internet que houve um fracasso do movimento. Será? E se for esse o caso, isso deslegitima o movimento?

Manifestações vermelhas

Se a resposta da pergunta anterior for “sim”, qual a legitimidade dos movimentos apelidados de “pão com mortadela” (devido ao pagamento dessa forma realizado para manifestantes)? Eles levaram as ruas:

13 de Março – 12 mil pessoas na Av. Paulista e 33 mil no Brasil

7 de Abril – 400 pessoas na Av. Paulista e 6 mil no Brasil

15 de Abril – 3,8 mil pessoas na Av. Paulista e 32 mil no Brasil

20 de Agosto – 40 mil pessoas na Av. Paulista e 73 mil no Brasil

Fontes dos números divulgados pela polícia (mas também tem os números divulgados pelos organizadores): http://especiais.g1.globo.com/politica/mapa-manifestacoes-no-brasil/20-08-2015/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s