Andrade & Gutierrez disse o que derrubará o Governo

delação premiada concedida pelo Presidente da Andrade & Gutierrez no âmbito da Operação Lava-Jato disse o que faltava para derrubar o Governo PT/PMDB.

Segundo a delação homologada pelo Ministro Teori Zavaski do STF ele conta que:

A propina na licitação de Belo Monte

O Consórcio para a licitação da ANEEL foi “arranjado” com empreiteiras pequenas que não tinham “expertise” para a obra, então “arranjaram” uma emenda no consórcio para incluir Odebrecht, Andrade Gutierrez e Camargo Correa.

Superfaturamento

Ao menos 1% do valor total da obra R$ 31 Bilhões é superfaturamento, pois, esse é o percentual que o acordo entre representantes do PMDB e PT prevê que deveria ser doado legalmente para as próximas campanhas oficiais dos partidos. Inclusive já havia um rateio entre as empresas do consórcio de quanto cada uma deveria doar. As maiores doavam 14% a 18% enquanto as menores de 2% a 11% da parte superfaturada.

Doações “legais”

As doações legais com dinheiro ilegal já foram entregues ao PT e PMDB em 2010, 2012 e 2014. Isso é abuso de poder econômico. Causa de anulação da chapa.

A&G derrubará o PT

Anulação da chapa PT/PMDB

O PT recebe toda a verba no diretório central e divide para todas as campanhas, ou seja, existe materialidade para caçar todos os eleitos pelo PT nas eleições de 2014, em todos os níveis.

O PMDB tem um diretório para cada Estado e um diretório Nacional, precisa se verificar quais que receberam as doações e caçar todos os eleitos desse(s) diretório(s).

Quem fará isso? E o que acontece?

Esse é um assunto a ser julgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Quem assume a presidência do tribunal é Gilmar Mendes agora em maio de 2016.

No mínimo o que espera-se é que a chapa Dilma e Michel Temer seja anulada. Isso significa que todos os votos que eles receberam se tornam como “brancos e nulos” e não são mais contados.

Quem assume a presidência?

O TSE deverá no julgamento que caçar a chapa presidencial PT/PMDB decidir entre duas possibilidades:

Opção A
Diplomará Aécio Neves Presidente eleito com 100% dos votos válidos do 2º turno ou considerando os pouco mais de 50% dos votos válidos do 1º turno, mantendo jurisprudência aplicada a prefeitos e governadores;

Opção B
Deixará em vacância a presidência da república para que o Presidente da Câmara de Deputados Federais (que até lá esperamos que não seja mais o Cunha) ou se esse estiver impedido, o Presidente do Senado, assuma para convocar eleições gerais.

Como analista político prefiro a opção B pois independentemente de quem vencer as eleições gerais, terá legitimidade para governar.

Anúncios

2 comentários em “Andrade & Gutierrez disse o que derrubará o Governo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s