Julho de 2016 fica marcado por Golpe Militar fracassado na Turquia

 

A CNN Turk anunciou que após o sucesso em rechaçar o golpe militar turco, o governo agiu para impedir qualquer continuidade. Ainda na segunda-feira do dia 18.jul.2016 cerca de 30 dirigentes políticos foram destituídos, 50 funcionários do alto escalão foram exonerados, 8.777 policiais golpistas também.Além deles 7.543 pessoas foram detidas, sendo 6.038 militares e 755 magistrados.

13d0eb642d757222f5c3bef150b471d6-783x450.jpg

Lá na Turquia, nesse mês de julho de 2016, as tropas leais ao governo e a própria população saíram as ruas para tirar os militares golpistas de seu rumo de depor o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan. Pudemos ver cenas em que os populares tiravam de dentro dos blindados os militares golpistas. O governo com apoio do povo continua de pé, e dezenas de milhares de golpistas foram presos.

15jul2016---manifestantes-sobem-em-tanque-de-guerra-ao-lado-de-carro-danificado-em-ancara-capital-da-turquia-uma-tentativa-de-golpe-militar-colocou-o-pais-em-uma-si

Nas semanas que se seguiram veículos de imprensa locais ligados ao golpe foram fechados e uma espécie de caça as bruxas foi implantada com coordenação do governo, policiais e militares fiéis ao governo. Tudo isso só é possível pois o povo apoia a legitimidade do governo mesmo que haja como sempre há, pessoas que concordam ou não com as suas decisões e posições.

“Nenhum governo se estabelece contra a vontade e força do seu próprio povo.”

A diferença entre uma intervenção militar com apoio popular e o que é apenas um golpe de Estado, pode ser vista na comparação entre o que houve no Brasil de 1964 e agora na Turquia de 2016.

Enquanto na Turquia de 2016 os detentores da força coercitiva tentaram tomar o poder sem o apoio popular e por isso o insucesso, no Brasil de 1964 uma das maiores manifestações de todos os tempos, conhecida como marcha das famílias pedia que o Congresso evitasse uma possível caminhada ao comunismo, pedia-se intervenção e quando os militares assumiram foram aceitos pela população em geral. Com aplausos por uns e a contragosto para outros é verdade, mas sem o repúdio geral. As reações com aplicação de força foram apenas de pequenos grupos organizados do modo tipicamente terrorista. A população mudou de ideia e passou a condenar o regime militar apenas após o recrudescimento autoritário, inflação e atraso tecnológico.

ScreenHunter_5574-Mar.-17-14.02

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s