Brasil tem a 181ª pior tributação do mundo para empresas

A PWC, uma das maiores empresas de consultoria tributária do mundo publicou a 11ª edição de seu relatório sobre o sistema tributário de diversos países (190 nessa edição) e disponibilizou gratuitamente online no seu site. 1

Brasil é 10º país onde empresas mais pagam tributos

Como o texto está em inglês, vou resumir. Os estudos apontaram que as empresas brasileiras pagam cerca de 68,4% de tributos sobre seus ganhos. Mas esse não é o dado mais assustador, pois ali vemos também que é preciso mais de 2.038 horas por ano para conseguir pagar esses tributos de tão complexos que são e por conta da alta burocracia. Isso faz do Brasil o país onde é mais difícil pagar tributos em todo o mundo.

1.1. Ranking de maiores tributações empresariais

País Ranking geral Tributação (%) Horas anuais
Comores 168 216.5 100
Argentina 178 106 359
Bolivia 186 83.7 1025
Eritréia 147 83.7 216
Guiné Equatorial 179 79.4 492
Palau 118 75.4 142
Rep. Centro Africana 187 73.3 483
Mauritânia 188 71.3 724
Colombia 139 69.8 239
Brasil 181 68.4 2038

1.2. Ranking de maior tempo perdido com tributação

País Ranking geral Tributação (%) Horas anuais
Brasil 181 68.4 2038
Bolívia 186 83.7 1025
Nigéria 182 34.3 908
Líbia 121 32.6 889
Venezuela 185 64.7 792
Chade 189 63.5 766
Mauritânia 188 71.3 724
Equador 137 32.5 664
Camarões 180 57.7 630
Congo, Rep. 183 54.3 602

Outras Comparações

Para se ter uma noção de comparação, a média mundial é 40,6% de tributos sobre os ganhos empresariais e necessidade de 151 horas para conseguir pagá-los.

2.1. Melhores no ranking PWC

Nota: o ranking PWC analisou: mais variáveis do que apenas tributação e tempo gasto.

País Ranking geral Tributação (%) Horas anuais
Emirados Arabes 1 15.9 12
Quatar 1 11.3 41
Hong Kong 3 22.9 74
Bahrein 4 13.5 27
Irlanda 5 26 82
Kuwait 6 13 98
Dinamarca 7 25 130
Singapura 8 19.1 67
Macedonia 9 13 119
Reino Unido 10 30.9 110

2.2. Outros países relevantes para comparar

País Ranking geral Tributação (%) Horas anuais
Suiça 18 28.8 63
Paraguai 153 35 378
Noruega 26 39.5 83
Uruguai 113 41.8 271
Estados Unidos 36 44 175
Rússia 45 47.4 168
Alemanha 48 48.9 218
Japão 70 48.9 175
França 63 62.8 139
Brasil 181 68.4 2038

Tipos de tributos e quantidade

Na maioria dos países existem dois tributos principais que incidem sobre as empresas:

  • IVA não cumulativo sobre a atividade (faturamento); e
  • Imposto de Renda sobre o lucro das empresas (lucro que se for distribuído total ou parcialmente como dividendo tem mais um tanto de IR a pagar sobre a distribuição aos sócios – podemos chamar isso de tributação total dividida, no Brasil a empresa paga a “pernada” toda)

Enquanto aqui no Brasil nós temos vários e cada um com muitas variações:

  • ICMS (próprio, diferencial de alíquota, substituição tributária, importação, e dentro do tributo unificado do SIMPLES, tudo isso multiplicado por 27 Estados com legislações próprias desse tributo);
  • PIS/Pasep (cumulativo, não cumulativo, monofásico, importação, e dentro do tributo unificado do Simples)
  • Cofins (cumulativo, não cumulativo, monofásico, importação, e dentro do tributo unificado do Simples)
  • IPI (próprio, importação, por equiparação, substituição e dentro do tributo unificado do Simples)
  • ISSQN (com legislação diferente em cada uma das 5.561 cidades, e dentro do tributo unificado do Simples)
  • Contribuição Previdenciária (que pode ser patronal sobre a folha de salários, patronal sobre a receita, ou incluída dentro do tributo unificado do Simples)
  • IOF (sobre as operações de crédito, operações financeiras, operações de câmbio, captação de investimentos)
  • CIDE (sobre combustíveis, sobre mineração, sobre tecnologia, sobre remessas de dinheiro)
  • Imposto de Renda (sobre lucro presumido, lucro real, lucro arbitrado, trimestal, retido na fonte, compensado com prejuízos fiscais ou não, com deduções especiais ou não)
  • CSLL (normal, para bancos, para cooperativas de crédito, no lucro real, no lucro presumido)

Caminho só pode ser uma Reforma Tributária

Precisamos exigir de nossos representantes legislativos mais pressão para que ocorra uma Reforma Tributária grande no nosso país para simplificação de tributos, pois se o dinheiro está indo na maior parte para o governo, ele não está indo para investimentos na economia real para fazer nossos negócios crescer e nem para a geração de empregos produtivos. 2

Pontos da proposta atual que irá à votação

Faz algum tempo que mantenho em contato os legisladores que apoiei. Por algumas vezes já mandei textos com embasamento e proposta para serem discutidas sobre Reforma Tributária, como sou Consultor Tributário esse é assunto principal na minha área profissional. Estudei o projeto atual apoiado pelo governo e ele não é muito distinto do que repetidas vezes apresentei no meu blog e a meus legisladores. Essa atual proposta de reforma pretende modernizar nossa economia ao reduzir nossos tributos empresariais para: 3

  • IVA não cumulativo de alíquota geral sobre o faturamento;
  • Imposto Seletivo para sobretaxar itens escolhidos para contribuir mais com o aparato estatal (cigarros, bebidas, etc…);
  • Imposto de Renda sobre o lucro das empresas.

◊ Apontamentos


  1. O site com a divulgação é: <http://www.pwc.com/gx/en/services/tax/paying-taxes-2017.html> onde é possível encontrar o PDF com a íntegra da publicação: <http://www.pwc.com/gx/en/paying-taxes/pdf/pwc-paying-taxes-2017.pdf
  2. Linhas gerais da proposta de reforma tributária que o autor considera adequada para o Brasil: <https://faimon.wordpress.com/2016/05/04/proposta-de-reforma-tributaria-para-pessoas-juridicas
  3. Site da Câmara dos Deputados Federais disponibilizou matéria sobre a relatoria da reforma tributária no URL: <http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/ADMINISTRACAO-PUBLICA/523549-RELATOR-APRESENTA-PROPOSTA-DE-REFORMA-TRIBUTARIA-PARA-NORTEAR-DEBATE-EM-COMISSAO.html> na qual há o link para o texto do relator deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR): <http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-temporarias/especiais/55a-legislatura/reforma-tributaria/documentos/outros-documentos/resumo-hauly
Anúncios

Um comentário em “Brasil tem a 181ª pior tributação do mundo para empresas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s